Uma campanha de incentivo nada mais é do que um conjunto de ações coordenadas que são colocadas em prática durante um determinado período de tempo para incentivar, por meio de reconhecimento ou recompensas financeiras, um indivíduo ou um grupo de indivíduos, a atingir um objetivo fixado pela organização, utilizando critérios precisos e conhecidos antecipadamente.

Dito assim parece simples. No entanto, existem muitos desafios a serem vencidos para planejar e executar campanhas de incentivo. É aí que entra a dúvida: fazer tudo internamente ou buscar ajuda especializada?

É sobre isso que vamos conversar ao longo deste artigo. Continue lendo para entender!

Quando fazer uma campanha de incentivo com equipe interna?

Vamos começar delimitando quando é recomendável planejar e executar uma campanha de incentivo sem a contratação de uma empresa especializada.

Aqui estão alguns pontos que ajudam nesta reflexão:

  • Orçamento limitado: quando há poucos recursos financeiros disponíveis, o mais indicado é que a verba seja utilizada para a premiação da campanha, com foco nos resultados esperados;
  • Campanha pequena: se a campanha tem uma duração de até 3 meses e abrange poucos participantes, ela pode ser considerada pequena. Neste caso, a empresa tem fácil acesso a eles e pode perfeitamente controlar o projeto internamente;
  • Equipe disponível: empresas que contam com uma equipe interna dedicada de Business Intelligence (BI) para a apuração dos resultados, de marketing para planejamento, sustentação da campanha e premiação, por exemplo, podem optar por fazer a campanha de incentivo por conta própria.

Quando buscar um parceiro especializado para fazer a campanha de incentivo?

Agora, há alguns casos em que a melhor estratégia é contratar uma empresa especializada na realização de campanhas de incentivo.

Aqui estão algumas situações em que a ajuda externa é recomendada:

  • A sustentação da campanha é complexa: grande parte do sucesso de uma campanha está na estratégia de sustentação. Ou seja, é difícil impactar o público, são necessárias muitas ações de comunicação, a linguagem é altamente qualificada etc;
  • Não há “braço” para fazer a apuração internamente: muitas empresas não tem como apurar os indicadores estipulados na mecânica da campanha internamente. Nesse momento ela precisa de um parceiro que consiga fazer essa “conta” por ela e ainda forneça relatórios a respeito dos indicadores das campanha;
  • É preciso desenvolver uma solução de premiação: muitas vezes, a empresa precisa de alguém que ofereça uma plataforma de premiação que atenda o Brasil inteiro, ou até mesmo pense em algo diferente para que o premiado tenha uma experiência única. Desenvolver isso internamente pode ser muito trabalhoso e demandar um tempo que as empresas não possuem. Neste caso também um parceiro especializado pode facilitar bastante o projeto.

O que analisar na hora de contratar uma empresa especializada em campanhas de incentivo?

Digamos que você detectou que é necessário contratar um parceiro para realizar sua campanha de incentivo. Como avaliar os diversos fornecedores do mercado?

Veja alguns aspectos que precisam ser considerados:

  • Experiência comprovada: certifique-se de que a empresa possua casos de sucesso que comprovam a eficácia de seus serviços;
  • Tecnologia: veja se a empresa possui plataformas de comunicação, apuração de resultados, relatórios gerenciais etc. A sustentação de uma boa campanha depende de ferramentas especializadas;
  • Possibilidade de customização: tenha certeza de que o fornecedor pode desenvolver solução customizada, com mecânicas atendam às necessidades do seu negócio;

Que tal, você tem desenvolvido suas campanhas internamente ou busca ajuda especializada? Aprofunde-se mais neste assunto baixando nosso e-book ‘Tudo o que você precisa saber sobre campanhas de incentivo’ — é grátis!